STF: à ameaça de filho de Bolsonaro tenta marcar limite na eleição


Ministros da maior Corte do país e representantes de magistrados se queixam de filho de presidenciável, mas presidente do STJ não vê gravidade no discurso.

Publicidade

Ataque à democracia. Discurso golpista. Sinais de crime. Assim reagiram alguns dos ministros do Supremo Tribunal Federal à fala do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) em que sugeriu que a mais alta corte do país poderia ser fechada por “um soldado e um cabo”.

Eduardo é filho do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) e foi reeleito como o deputado mais votado do país, com 1,8 milhão de votos. O forte repúdio às declarações por parte de integrantes do Supremo e de outras personalidades, como ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, obrigaram tanto o parlamentar quanto o candidato à Presidência a se retratarem.

Foi mais um episódio de idas e vindas na cúpula bolsonarista em relação a declarações autoritárias –depois de prometer “varrer do mapa bandidos vermelhos”, Bolsonaro disse nesta segunda respeitar a oposição– e traz à tona o debate sobre os limites que as instituições podem impor à retórica usada por integrantes da campanha de extrema direita.

Ataque à democracia. Discurso golpista. Sinais de crime. Assim reagiram alguns dos ministros do Supremo Tribunal Federal à fala do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) em que sugeriu que a mais alta corte do país poderia ser fechada por “um soldado e um cabo”. Eduardo é filho do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) e foi reeleito como o deputado mais votado do país, com 1,8 milhão de votos.

O forte repúdio às declarações por parte de integrantes do Supremo e de outras personalidades, como ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, obrigaram tanto o parlamentar quanto o candidato à Presidência a se retratarem. Foi mais um episódio de idas e vindas na cúpula bolsonarista em relação a declarações autoritárias depois de prometer “varrer do mapa bandidos vermelhos”, Bolsonaro disse nesta segunda respeitar a oposição e traz à tona o debate sobre os limites que as instituições podem impor à retórica usada por integrantes da campanha de extrema direita.

“O pessoal até brinca que para fechar o STF você não manda nem um jipe, manda um soldado e um cabo. Se você prender um ministro do STF, você acha que vai ter uma manifestação popular?”, disse Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) durante uma palestra gravada em vídeo em junho que começou a circular nas redes sociais deste domingo.

Apesar de atribuir a declaração a um arroubo impensado em resposta a uma pergunta “esdrúxula”, o filho de Boslonaro já havia divulgado em seu próprio Twitter um vídeo, gravado na Câmara em julho, no qual diz também diz que, se houvesse “uma ruptura”, não haveria manifestação de rua a favor do Supremo e cita um texto dele mesmo que cobra pensar fora da caixa “para derrubar a ditadura do Supremo”. “Eu quero ver é alguém reclamar de quando tiver um momento de ruptura mais doloroso do que colocar dez ministros a mais. Se esse momento chegar, quero ver quem vai para a rua em defesa do STF”, disse. Eduardo

Ministra Rosa Weber (Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ABr)

“Estas afirmações merecem, por parte da Procuradoria-Geral da República, imediata abertura de investigação porque, em pese se deva analisar o contexto da declaração, isso é crime da Lei de Segurança Nacional, artigo 23 inciso III, incitar a animosidade entre as Forças Armadas e instituições civis. Isso é crime previsto na Lei de Segurança Nacional”, afirmou o ministro Alexandre de Moraes durante um evento em São Paulo. O ministro Marco Aurélio Mello, também do STF, disse ao jornal O Estado de S. Paulo que nos deparamos com “tempos estranhos” e o conteúdo da declaração denota que “não se tem respeito pelas instituições pátrias”.

Eduardo bolsonaro pede desculpas

“Se fui infeliz e atingi alguém, tranquilamente peço desculpas e digo que não era a minha intenção”, declarou em seu perfil das redes sociais.


Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Deixe Seu Comentário

Qual é a sua Reação?

Diversão Diversão
0
Diversão
Ri muito Ri muito
0
Ri muito
Ganhar Ganhar
0
Ganhar
Fofa Fofa
0
Fofa
Droga Droga
0
Droga
Falhou Falhou
0
Falhou
Nerd Nerd
0
Nerd
ódio ódio
0
ódio
Assustador Assustador
0
Assustador
Vomitar Vomitar
0
Vomitar
Confuso Confuso
0
Confuso
omg omg
0
omg
love love
0
love
wtf wtf
0
wtf
love-2 love-2
0
love-2
Raquel

Sou redatora publicitária freelancer, Planner, gerente de conteúdo e redes sociais
Escolha o formato
Adicione um questionário de personalidade
Como podemos pensar em questões que respondam o que realmente queremos saber sobre o problema que identificamos
CURIOSIDADES
E nós sabemos, sabemos, que existem respostas certas e erradas sobre como se mover neste espaço
Enquete
Votar para tomar decisões ou determinar opiniões
Post
Envie sua notícia, matéria ou pauta, com textos, imagens e/ou códigos incorporados
Contagem Regressiva
The Classic Internet Countdowns
Lista Aberta
Crie uma lista aberta, onde outros usuários possam enviar novos itens com o mesmo tema
Lista classificada
Permitir que usuários não registados façam uma avaliação
Meme
Fazer upload de suas próprias imagens para fazer personalizado memes
Vídeos
Youtube, Vimeo ou Vine
Graphics Interchange Format
Formato GIF